The Godfather goes to Brussels- the development of the concept of organized crime within the Area of Freedom, Security and Justice

Helena Carrapiço

Research output: Contribution to journalArticle

Abstract

Oartigo tem como objectivo reconstruir de forma crítica o discurso da união europeia relativa-mente ao crime organizado, tentando estabelecer uma relação entre este e um discurso mais lato sobre a criação e desenvolvimento da área de liber-dade, Segurança e Justiça (alsj). ésalientada a forma como os argumen-tos justificadores de uma cooperação mais profunda da alsjassentaram na necessidade de compensar pelas exter-nalidades negativas do mercado interno e de proteger a liberdade de circulação de possíveis abusos. esta tendência levou à gradual institucio-nalização da área de Justiça e assuntos internos a nível europeu, caracterizada por uma luta permanente entre a sua intergovernamentalização e a comuni-tarização

This article aims at tracing, critically, the European Union’s discourse on organized crime, by establishing its relation with a wider discourse on the creation and development of the Area of Freedom, Security and Justice (afsj). It pointed out how the rationale for the afsj’s deeper integration was the need to compensate for the negative externalities of the Internal Market and to protect the liberty of movement from abuse. This trend led to the definition of a balance between freedom and security, characterized by a gradual eu institutionalization of Justice and Home Affairs and a permanent struggle between the intergovernmentalisation and the communitarization of this area.
Translated title of the contributionThe Godfather goes to Brussels- the development of the concept of organized crime within the Area of Freedom, Security and Justice
LanguagePortuguese
Pages141-157
Number of pages16
JournalRelações internacionais
Volume31
Publication statusPublished - Sep 2011

Fingerprint

organized crime
justice
discourse
institutionalization
abuse
offense
market
trend

Bibliographical note

© 2011 Universidade Nova de Lisboa, Instituto Português de Relações Internacionais

Keywords

  • União Europeia
  • cooperação policial
  • políticas contra a criminalidade organizada
  • justiça e assuntos internos
  • justice and home affairs
  • police cooperation
  • European Union
  • organized crime policies

Cite this

@article{01c5b38ac65b4fd9b965f6fd0f786c08,
title = "{"}The Godfather goes to Brussels{"}. A evolu{\cc}{\~a}o do conceito de crime organizado no contexto da {\'a}rea de liberdade, seguran{\cc}a e justi{\cc}a",
abstract = "Oartigo tem como objectivo reconstruir de forma cr{\'i}tica o discurso da uni{\~a}o europeia relativa-mente ao crime organizado, tentando estabelecer uma rela{\cc}{\~a}o entre este e um discurso mais lato sobre a cria{\cc}{\~a}o e desenvolvimento da {\'a}rea de liber-dade, Seguran{\cc}a e Justi{\cc}a (alsj). {\'e}salientada a forma como os argumen-tos justificadores de uma coopera{\cc}{\~a}o mais profunda da alsjassentaram na necessidade de compensar pelas exter-nalidades negativas do mercado interno e de proteger a liberdade de circula{\cc}{\~a}o de poss{\'i}veis abusos. esta tend{\^e}ncia levou {\`a} gradual institucio-naliza{\cc}{\~a}o da {\'a}rea de Justi{\cc}a e assuntos internos a n{\'i}vel europeu, caracterizada por uma luta permanente entre a sua intergovernamentaliza{\cc}{\~a}o e a comuni-tariza{\cc}{\~a}oThis article aims at tracing, critically, the European Union’s discourse on organized crime, by establishing its relation with a wider discourse on the creation and development of the Area of Freedom, Security and Justice (afsj). It pointed out how the rationale for the afsj’s deeper integration was the need to compensate for the negative externalities of the Internal Market and to protect the liberty of movement from abuse. This trend led to the definition of a balance between freedom and security, characterized by a gradual eu institutionalization of Justice and Home Affairs and a permanent struggle between the intergovernmentalisation and the communitarization of this area.",
keywords = "Uni{\~a}o Europeia, coopera{\cc}{\~a}o policial, pol{\'i}ticas contra a criminalidade organizada, justi{\cc}a e assuntos internos, justice and home affairs, police cooperation, European Union, organized crime policies",
author = "Helena Carrapi{\cc}o",
note = "{\circledC} 2011 Universidade Nova de Lisboa, Instituto Portugu{\^e}s de Rela{\cc}{\~o}es Internacionais",
year = "2011",
month = "9",
language = "Portuguese",
volume = "31",
pages = "141--157",
journal = "Rela{\cc}{\~o}es internacionais",
issn = "1645-9199",

}

"The Godfather goes to Brussels". A evolução do conceito de crime organizado no contexto da área de liberdade, segurança e justiça. / Carrapiço, Helena.

In: Relações internacionais, Vol. 31, 09.2011, p. 141-157.

Research output: Contribution to journalArticle

TY - JOUR

T1 - "The Godfather goes to Brussels". A evolução do conceito de crime organizado no contexto da área de liberdade, segurança e justiça

AU - Carrapiço, Helena

N1 - © 2011 Universidade Nova de Lisboa, Instituto Português de Relações Internacionais

PY - 2011/9

Y1 - 2011/9

N2 - Oartigo tem como objectivo reconstruir de forma crítica o discurso da união europeia relativa-mente ao crime organizado, tentando estabelecer uma relação entre este e um discurso mais lato sobre a criação e desenvolvimento da área de liber-dade, Segurança e Justiça (alsj). ésalientada a forma como os argumen-tos justificadores de uma cooperação mais profunda da alsjassentaram na necessidade de compensar pelas exter-nalidades negativas do mercado interno e de proteger a liberdade de circulação de possíveis abusos. esta tendência levou à gradual institucio-nalização da área de Justiça e assuntos internos a nível europeu, caracterizada por uma luta permanente entre a sua intergovernamentalização e a comuni-tarizaçãoThis article aims at tracing, critically, the European Union’s discourse on organized crime, by establishing its relation with a wider discourse on the creation and development of the Area of Freedom, Security and Justice (afsj). It pointed out how the rationale for the afsj’s deeper integration was the need to compensate for the negative externalities of the Internal Market and to protect the liberty of movement from abuse. This trend led to the definition of a balance between freedom and security, characterized by a gradual eu institutionalization of Justice and Home Affairs and a permanent struggle between the intergovernmentalisation and the communitarization of this area.

AB - Oartigo tem como objectivo reconstruir de forma crítica o discurso da união europeia relativa-mente ao crime organizado, tentando estabelecer uma relação entre este e um discurso mais lato sobre a criação e desenvolvimento da área de liber-dade, Segurança e Justiça (alsj). ésalientada a forma como os argumen-tos justificadores de uma cooperação mais profunda da alsjassentaram na necessidade de compensar pelas exter-nalidades negativas do mercado interno e de proteger a liberdade de circulação de possíveis abusos. esta tendência levou à gradual institucio-nalização da área de Justiça e assuntos internos a nível europeu, caracterizada por uma luta permanente entre a sua intergovernamentalização e a comuni-tarizaçãoThis article aims at tracing, critically, the European Union’s discourse on organized crime, by establishing its relation with a wider discourse on the creation and development of the Area of Freedom, Security and Justice (afsj). It pointed out how the rationale for the afsj’s deeper integration was the need to compensate for the negative externalities of the Internal Market and to protect the liberty of movement from abuse. This trend led to the definition of a balance between freedom and security, characterized by a gradual eu institutionalization of Justice and Home Affairs and a permanent struggle between the intergovernmentalisation and the communitarization of this area.

KW - União Europeia

KW - cooperação policial

KW - políticas contra a criminalidade organizada

KW - justiça e assuntos internos

KW - justice and home affairs

KW - police cooperation

KW - European Union

KW - organized crime policies

UR - http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1645-91992011000300013

M3 - Article

VL - 31

SP - 141

EP - 157

JO - Relações internacionais

T2 - Relações internacionais

JF - Relações internacionais

SN - 1645-9199

ER -